Quem Recebe o Seguro Desemprego Tem Direito ao PIS/PASEP?

O PIS, PASEP e seguro desemprego formam a tríade de direitos dos trabalhadores brasileiros devidamente registrados com carteira assinada. O empregador é obrigado a contribuir todos os meses com este pequeno fundo a ser usado depois, mas é importante saber o uso de cada um e entender se quem recebe o seguro desemprego tem direito ao PIS/PASEP.

seguro-2

Qual a diferença entre PIS e PASEP?

Ao escrever no geral se usa os dois divididos por uma barra, mas são diferentes. Mas como são muito semelhantes no funcionamento a maior parte dos sites e jornais escreve os dois lado a lado. As instruções de como sacar e como resolver problemas servem para ambos.

PIS é a sigla para Programa de Integração Social e é voltado para os trabalhadores contratados em empresas privadas. Já o PASEP quer dizer Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público é o mesmo fundo mas de trabalhador de órgão público.

seguro-1

Ambos são um fundo do trabalhador depositado todos os meses pela empresa a qual assinaram a carteira. Como tanto o funcionário público como se empresa privada possuem carteira assinada, o funcionamento é semelhante.

Todos os meses o empregador deposita na Caixa Econômica Federal pagamentos referentes ao PIS ou PASEP. O valor varia de acordo com o salário do empregado e será usado em momento de desemprego ou aposentadoria.

O que é seguro desemprego?

Seguro desemprego é uma mensalidade recebida todos os meses pelo trabalhador quando não está mais com renda. Serve como auxílio de renda para o atual desempregado conseguir manter as contas em dia até conseguir um novo emprego. Ao voltar ao trabalho e assinar a carteira novamente o benefício é suspenso.

O valor varia conforme o salário do emprego e o mais importante: tempo de serviço. É preciso ter ao menos atuado com carteira assinada por 30 dias no ano anterior. O seguro pode ser recebido por três a seis meses, não mais que isso.

Quem recebe o seguro desemprego tem direito ao PIS/PASEP ou não?

Sim, são benefícios diferentes. A contribuição para os dois deve ser feita pelo empregador durante todos os meses de serviços e ambos podem ser solicitados para saque em caso de desemprego de acordo com o Calendário PIS 2017.seguro-3

A principal diferença entre PIS, PASEP e seguro desemprego é entender que PIS e PASEP são acumulativos por anos de serviço. Quanto mais anos com carteira assinada mais o fundo cresce e maior será o montante ao final. O seguro desemprego possui um valor fixo e quantidade de parcelas pré determinada de acordo com os dias trabalhados.

O seguro desemprego pode ser solicitado de imediato pelo trabalhador quando tiver sua carteira dada baixa. Enquanto está de aviso prévio deve aguardar o último dia de serviço e entrar com o processo na Caixa Econômica Federal mais próxima de sua residência.

Já o saque do PIS ou PASEP é feito da mesma forma. Enquanto está na empresa não é possível o saque, apenas quando estiver ausente do emprego. Deve-se ir até uma agência da Caixa Econômica Federal munido dos documentos pessoais e o número de inscrição do PIS/PASEP e solicitar o saque. O cartão cidadão é o responsável pelo saque de ambos.